Debate De Investidura: Uma Guerra Fria Muito Quente

Publicado por admin em

Mais uma vez, o mais curioso ocorria fora do Hemiciclo. Ou, como muito, os móveis de PSOE e Unidas Podemos. Onde seus deputados, em geral, pelo motivo de passam mais tempo do que atendendo ao púlpito -os deputados parecem em geral se aborrecer mortalmente, não almejo nem sequer idealizar o que pode ser o Senado. Passou pelo palco da Espanha distinto, e o consequente sabor e aroma leilão. Malandro, agora nem sequer tão jovem, nem ao menos tão turco.

O PNV, sempre com essa rua e/ou ponte que inexistência ante o braço. Bildu, que não falte a franja à machadada. A Oramas lhe faltou retirar o raminho de alecrim (a todo o momento roçando o brutal Oramas, a todo o momento crua, cênica e afiada). Um senhor de Cantabria mencionou incalculáveis povos de tua região.

Ternura. Respeito. Política é exatamente isto, assim como. Sánchez governou de forma passiva, cada intervenção com a mandíbula. Endureciéndola ou destensándola. Como se de um joystick se tratasse, foi respondendo com todos os seus dons a cada añagaza, cada piscada, cada brinde ao sol, a cada pedido de dinheiro dos filhos, que são a todo o momento insaciáveis.

Quando ele disse, repartiu bastante estopa (a amizade não parece o seu próprio) e dirigiu-se diversas vezes pra Igrejas por pessoa interposta. Sempre sem miralo. Não o olhou pra ele, Paulo, sempre repanchingado e chepado, com o mal que lhe vem propriamente a ele -uma cadeira não é uma espreguiçadeira, Paulo-.

  • Em música, o investimento é a transposição de umas notas em um acorde ou melodia
  • Aumentar as saídas dos B-cinquenta e dois até uma média de 800 por mês.[119]
  • Jorjum insiste em que não há referências para essa finalidade
  • um Baralho de os Dragões
  • ª Estatística para fins estatais
  • 1714: Diário do ano da peste
  • Comunicações culpógenas: “Se você continuar agindo desta forma, tua mãe vai encerrar ficando doente”
  • Imperativos e modalidade de atribuição

Quando não falava, Sánchez puxou catálogo de gestos, poucas sorrisos, passo de vocês, a cartola, a tenho eu, a bola é meu. Careca saiu um pouco do chão e fez a tua dança diante dos microfones: queremos pactuar, pobres cidadãos, porém esses caras não querem, estão loucos.

Unidos Podemos, por teu lado, ventilou on e off the record, que Sanchez não quer acordo. Que é um kamikaze e quer à procura de solução em novembro. Que é o jogo de volta da tentativa de ultrapassagem, há três anos e meio.

Simplifiquemos. Paulo tem uma moradia e Pedro quer comprársela. Paulo quer forrado com o chão. Pedro quer presenteado. E, para aprimorar, os meninos se odeiam profundamente. Cada um quer a ruína do outro. A batalha fria parece, atualmente, muito quente. Enquanto, fora do enorme teatro do Parlamento, exatamente fora, a verdade aguarda.

Categorias: Finança