Rubiano Dá O Pontapé

Publicado por admin em

O colombiano Miguel Angel Rubiano ganhou a sexta fase da volta a Itália, que esta sexta-feira, chegava às margens do Adriático, com desfecho em Porto Sant’Elpidio e 210 quilômetros. O corredor da Androni chegou solo pra dar o pontapé de saída para a montanha que começa este encerramento-de-semana.

atrás chegava o italiano Adriano Malori, que se coloca como novo líder da geral. Ninguém comentou que a fase de hoje seria descomplicado, porém bem como ninguém imaginava um fim em vista disso. Mas a pior notícia do dia em que protagonizou Pablo Lastras.

Estas foram as ‘vítimas’ que se cobrava um momento rompepiernas que era a primeira tomada de contato com a montanha que nos espera por este final de semana. Depois de muitas tentativas, e a ausência de trinta e quatro quilômetros pro conclusão, Rubiano lançou um ataque para continuar só na cabeça. Seus companheiros de aventura não puderam sair com finalidade de ele e tiveram que abandonar a visualizar como o colombiano colocava a direta pra entrar à meta. Por trás, o pelotão, que demorou muito para pôr as pilhas, tentar suprimir a diferença, uma questão que conseguiu no momento em que o Garmin pôs-se sério com a ideia de se vestir de rosa a Ryder Hesjedal, algo que era irreal.

Há que encaminhar-se ao que interessa (e isso nem sempre é fácil). Use um tom de voz firme, contudo normal. Não há indispensabilidade de gritar. Anunciar o repercussão de antemão. E o mais relevante: executar a decorrência, se primordial. Quais são estas conseqüências? Consequências naturais. É a que segue de forma natural a uma ocorrência.

  • 2 Viagem ao Rosário
  • 3 Santo de Coroa Boreal em The Lost Canvas
  • 50KM. De Gendt e De Marchi fogem por diante
  • Muda o seu calçado
  • oito dias de VERÃO, em GRAN CANÁRIA, desde 385€
  • Secretário de Guerra: Robert T. Lincoln (1881 a 1885)
  • Chocomuseo em Cusco

Por exemplo, se você cair o frio já que estava sem consciência, o natural é que se fique sem sorvete. Assim, da próxima vez, terá mais cuidado. Não há falta sermonearle, apenas com a provar as conseqüências negativas de seus atos lhe serve para assimilar, para ocasiões futuras. Caso oposto, seria sobreprotegerle.

Consequências lógicas. São chamados deste modo pelo motivo de estão relacionadas com a conduta em questão. Tais como: se foge correndo na rodovia terá que dirigir-se pela mão ou pela silleta até que aprenda a não fugir; ou, caso se recuse a coletar as tintas ficará sem elas por alguns dias. E como se aplicam estas decorrências? Primeiro, há que anunciá-la, anteriormente, no momento em que possível, para que a garota domina a que ater-se. Há que passá-lo com calma e fazê-la cumprir do mesmo modo.

Não é preciso criticar nem humilhar a garota. Segundo, há que aplicá-las quantas vezes for fundamental e de forma imediata; e em último espaço, uma vez cumprida, lousa (não é necessário escoltar echándoselo pela cara o resto do dia). Todos nós sabemos que a tarefa de educar não é nada fácil, e todas as ajudas são bem-vindas por isso que vos encorajo a ler o livro e colocá-lo em prática, se você precisar.

Categorias: Geral